Icon Bay: o mais novo projeto da Related em Miami

Citação

Este slideshow necessita de JavaScript.

A área entre o Design District e Downtown em Miami esta ser tornando mais eclética. Juntando-se ao Paramount Bay, com interiores de Lenny Kravitz e a badaladissima área de Midtown, com seus restaurantes e lojas e, apenas a 4 quadras de Wynwood, o famoso distrito das artes de Miami, o mais novo projeto imobiliário da Related, do empresário Jorge Perez, promete rápidas vendas para suas 300 residencias.

A marca “Icon” é, indiscutivelmente, uma das mais reconhecidas no mercado imobiliário em Miami. Icon Bay — projetada pela firma Arquitectonica — se junta a famosa companhia do Icon South Beach, Icon Brickell (ver foto em Instagram) e Icon Vallarta, no México.

Será situado de frente para Baia Biscayne, com céu, agua e Miami Beach a distancia. Apartamentos terão elevadores particulares, amenidades de luxo, vistas infinitas  e um parque com moderno paisagismo a sua frente construído em terreno publico. Os preços começarão em 400 mil dólares por unidades de um dormitório.

O Icon Bay e outro empurrão de energia para um área de Miami que parece ser destinada a brilhar. O projeto e um cheque mate arrematando a expansão imobiliária da cidade: começando na Brickell, passando por Downtown e chegando ao Design District… da Baia de Biscayne ao Distrito das Artes, Wynwood. É Miami em pleno boom novamente!

 [Get Lost in Translation at Your Own Risk: Icon Bay Related’s New Project ]

The area between the Design District and Downtown Miami is becoming the  most eclectic: joining the Paramount Bay, with interiors by Lenny Kravitz and the busy area of Midtown, with its restaurants and shops and only four blocks from the Wynwood Arts District, the latest project of Related’s Jorge Perez promises brisk sales for its 300 residences.

It will be located on 460 NE 28th — yes on the top of  the beautiful patch of the Bay you see when driving on the street. The public will be able to access its bay front park by entering below the building, through its  columns.

The “Icon” brand is one of the most recognized in the real estate market in Miami — and one that foreigner buyers LOVE! Icon Bay – designed by Arquitectonica – joins the company of the  South Beach Icon, Icon Brickell and Icon Vallarta, in Mexico.

Units will face Biscayne Bay, with sky, water and Miami Beach in the distance. Apartments will have private elevators, luxury amenities, endless views and will share the modern bay front park. Prices start at US$400,000 for one-bedroom units.

The Icon Bay will bring another boost of energy to Edgewater — an area that seems to be destined to luxury. It is the last  piece in a puzzle that is now almost done, starting  with the skyscrapers of Brickell,  traveling through  the Biscayne Wall and a revitalized Downtown MIami towards the Design District … and now from Biscayne Bay to Wynwood Arts District. Love or hate,  Miami in full real estate boom again!

Anúncios

Buena Vista: o Quarteirão Francês de Miami

Citação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Miami é composta de pequenas aglomerações: algumas culturais, outras gastronômicas ou culturais. O conjunto comercial de Buena Vista é uma destas. Fica espremidinho entre o Design District (que tem presença marcada pela Hermes, Cartier entre tantos outros nomes globais) e o modesto bairro de Little Haiti, com seu centro cultural e horta comunitária. Buena Vista é o meio de campo onde a  galera local se reune.

Até pouco tempo, era uma área  residencial com casas históricas, parte do patrimônio do legendário Wiliam Gleason, porém com  a força, atrocidade e perseverança que apenas pequenos empreendedores possuem, um grupo de expatriados Franceses e Haitianos estão trazendo uma renascença comercial invejável:  é o Quarteirão Francês de Miami. Uma cena agitada onde o código de entrada é o bonjour.

A  Buena Vista Deli — uma rústica lanchonete retro —  é ponto focal onde se encontram os roqueiros, designers, corretores e artistas. Não da para ir almoçar ou tomar café sem esbarrar em meia dúzia de personalidades locais. Comandada pelo ágil e pequenino Corentin Finot,  a casa serve sanduíches com pão fresquinho e perfeitas tortinhas francesas. E uma das destinações imperdíveis da cidade, com o sabor local de um segredo bem guardado.

Além de restaurantes diversos, a área atrai também lojas pequenas e bares com música ao vivo. Isto tudo a 4 quadras da Mecca do chic — o Design District.  A  transação imobiliaria mais interessante foi a venda do Buena Vista Flats por $1650,000.00 para investidores franceses. A pousada urbana com 10 kitnets, jardim e estacionamento é uma daquelas oportunidades  de investimento em Miami únicas com uma localização no centro do vortex do sucesso da area.

[Get Lost in Translation at Your Own Risk]

Buena Vista: Miami’s French Quarter

Miami is composed of small clusters, some cultural, others gastronomical or cultural. The tiny business district located in the Buena Vista neighborhood on NE 2nd Avenue is an example of how diversified these clusters can be. It is a stretch of 4 blocks squeezed between the Design District – future home of global luxury brands such Hermes, Cartier and dozens of others — and the modest neighborhood of Little Haiti – with its cultural center and community garden.

Buena Vista is a residential area with beautiful 1920’s historic homes and dedicated homeowners. However, with the force, atrocity and perseverance that only small entrepreneurs can have, a group of French and Haitian expatriates are bringing a commercial renaissance to the area –guerilla style. It has become Miami’s French Quarter and all real estate eyes are on its future.

The Buena Vista Deli is the area’s social headquarter. It’s the place where where rock’ roll types, kids, designers, chefs, neighborhood activists, real estate moguls and artists meet. It is hard to drop by for lunch or coffee without bumping into half dozen local personalities. Led by the swift and tiny Corentin Finot, the house serves sandwiches with the freshest breads, fresh squeezed juices and petit four to die for. 

In addition to several restaurants, the area also attracted small shops and bars with live music. While we all bonjour in Buena Vista, four blocks down, the Design District continues to grow, attracting more and more brands and pushing its frontiers in all directions. The most interesting real estate  deal in the area was the sale of the  Buena Vista Flats, a Mid-Century Modern boutique hospitality property with 10 fully furnished apartments, garden and parking. It is is under contract for $ 1,650,000.00 — an unique opportunity to invest in Miami and get in the prime position to jump into the successful commercial vortex of the area. The prospect buyers are French.


Miami Design District

Citação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Exclusivo. Caro. Chic. Moderno. Super ‘Cool’.  Ferva com a nata da moda e da arte, esqueca a praia, cruze a ponte e conheca o Miami Design District.

A área, formada de prédios históricos e pequenos galpões comerciais era um sonho audacioso do empreendedor Craig Robins – que trazia em sua bagagem a experiência do projeto de revitalização urbana de áreas em Miami Beach desde 1987.

No final dos anos 90, quando começou a comprar as propriedades históricas, o bairro –situado a 10 minutos da Miami Beach, atravessando a ponte que une a ilha ao continente — era um decadente centro comercial.  Antes, muito antes, nos anos 60, quando Miami vivia sua primavera dourada, era uma vibrante destinação para decoradores. Vieram o anos 80, e a cidade esqueceu deste bairro, contido em 18 quarteirões.

Depois da hibernação o bairro acordou em batuque comercial graças a um projeto de marketing imobiliário de gênio que combina arte, moda, gastronomia e design — e muito capital.  Hoje, com sonho materializado, Craig Robins e sua empresa DACRA, dominam um dos mais ativos conjuntos comerciais do  mundo e seus clientes vão de Cartier e Hermes a celebrados mestres de culinária internacional tais como Michael Schwartz e Michele Bernestein a galerias e artistas contemporâneos tais como a coletiva Friends With You.

Nos últimos  quatro meses,  os negócios explodiram e o Design District se tornou a Mecca do luxo. As marcas continuam chegando, se desfazendo de seus negócios em shopping centers mais estabelecidos, tais como Bal Harbour, para participar da proposta arrojada de Craig Robins.

A Hermes, a icônica marca Parisiense, sinônimo de luxo na moda, acaba de fechar contrato de locação no que será a sua maior loja na Florida – mais de 9 mil metros quadrados. Segundo Robert Chávez,  CEO da Hermes USA em entrevista para o Financial Times:  “Os planos do Craig Robbins para área são dinâmicos. O que ele esta criando é incrível e nos queremos se participar.”

E a Hermes esta em boa companhia: Louis Vuitton, Dior, Cartier, Margiela, Yogi Yamamoto, Marni seguiram caminho que foi aberto por Christian Loboutin, a marca francesa dos sapatos caríssimos com a solas vermelhas tão cobiçados pelas mulheres.

Porém, moda não é a única categoria que esta área  comercial esta atraindo, as grandes lojas de decoração e móveis também já marcaram presença: Kartell, Vitra Fendi Casa, Holly Hunt, Luminaire,  Jonathan Adler. Entre os grandes nomes, encontra-se também a Ornare, do empresário brasileiro Claudio Faria. A badaladíssima loja e destinação dos grandes arquitetos e decoradores que insaciavelmente buscam seus objetos e moveis para finalizar os projetos residenciais nos condomínios de luxo em Miami.

Os preços de locação por metro quadrado comercial na região podem chegar a mais de $200 por metro quadrado. “A qualidade da sinergia comercial que oferecemos agora na área é inigualável. é a oportunidade para empresas dividirem espaços com as maiores marcas de luxo mundiais e promoverem suas marcas no fórum internacional de design, moda, gastronomia e arte,” conta Lyle Chariff o ‘power-broker’ do Design District.