Em Dezembro Miami é Arte, Design e Negócios!

Citação

IMG_1760Em Dezembro Miami é capital da arte, design e negócios graças ao maior evento do gênero nos Estados Unidos, o Art Basel Miami Beach. A feira internacional de arte é  irmã de eventos similares na cidade de Basel na Suíça e Hong Kong. Mas é  em Miami — sob sol tropical e beijado pelo Atlântico — que o evento criou asas, engolindo a cidade e produzindo feiras satélites, palestras, encontros e arte em espaços públicos.  Milhares de artistas, galerias, colecionadores, arquitetos, designers convergem na cidade para uma semana de negócios, festas e muito network que afeta  hotelaria, gastronomia, negócios imobiliários, e serviços. E uma semana imprescindível para a economia local.

Dentro do centro de convenções de Miami Beach, galerias de alto calibre negociam as obras de artistas estabelecidos, de Picasso a Jean Michel Basquiat, Keith Hering a Takashi Murakami . Este ano, a presença de uma fortíssima ala brasileira foi ancorada pela Galeria Fortes Vilaça, Casa Triângulo e Galeria Vermelho entre outras que trouxeram artistas contemporâneos brasileiros bem como artistas internacionais.

IMG_1653“PixCell-Red Deer,” 2012 (mixed-media) by Kohei Nawa 

DESIGN MIAMI

Screen Shot 2012-12-07 at 11.07.45 PM
Em frente do centro de convenções,  Design Miami, fundada em 2005 é segunda feira mais visitada da semana. Entre os destaques este ano, encontrou-se a instalação da coletiva de Nova York Snarkitecture de Daniel Arsham e Alex Mustonen com centenas de  balões cilindricos  que flutuavam no saguão de entrada da tenda de exposição.

O grande aha-ha ficou para o palácio de cristal criado por Asif Khan para Swarovski Crystal, porém o que capturou mesmo o coração dos visitantes foi uma lâmpada que combina natureza e tecnologia. A “Futuro Fragil” de  Lonneke Gordijn exibida pela firma Design Drift, foi feita de pétalas de Dente-de-Leão coladas, uma a uma, em lâmpadas de LED.

NETWORK, NETWORK, NETWORK

Negócios imobiliários estão sempre no background de Art Basel Miami. Arquitetos, designers, corretores e artistas todos se beneficiam do network que sedimenta parcerias importantíssimas.

IMG_1599

Entre as empresas brasileiras, a Ornare USA, chefiado pelo incansável empresario brasileiro Claudio Faria, não perdeu um minuto durante a semana de Miami Arte Basel. A nova loja da Ornare no Miami Design District foi a anfitriã do anual evento, o TasteMarkers Showcase e de palestras com arquitetos, designers. A Ornare reconhece o valor do network segmentado com foco em Design e Arquitetura e tem se tornado nos últimos anos, a base cultural brasileira em Miami.

Empreendedoras também se jogam na dança de arte e se destacaram  com patrocínio de exposições espalhadas pelo toda cidade. O Miami Art Museum mudou de nome e agora se chama Perez Art Museum, gracas ao patrocionio do empresario imobiliario Jorge Perez do Related Group.  Em Downtown, na iconica Freedom Tower, o grupo Terra Group aumentou sua visibilidade com clientes internacionais com a apresentação dos estilistas cubanos Isabel e Ruben Toledo em exposicao historica de suas carreiras.

ARTE PUBLICA

Miami tem arte em todos lugares em Dezembro:  na praia, em praças, ruas e prédios; em murais, galerias temporárias, as chamadas, “pop-up” e até mesmo na Baia Biscayne.  Arte publica, muitas vezes  efêmera, porém vira patrimônio cultural daqueles com um minuto para registrar a sua presença. Miami das cores e traços mil continua a sedimentar a sua posição como eixo cosmopolitano e multicultural onde arte, moda, creatividade, negócios e design se encontram.

[Get Lost on the Translation at Your Own Risk] In December Miami is Art, Design & Business! 

When December comes, Miami becomes the capital of art, design and business thanks to the biggest event of its kind in the United States, Art Basel Miami Beach. The international art fair of is the sister to similar events in the city of Basel in Switzerland and Hong Kong. But it’s in Miami – under tropical sun and kissed by the Atlantic – that the event has taken wings, engulfing the city and producing satellite fairs, lectures, meetings and art in public spaces. Thousands of artists, galleries, collectors, architects, designers converge on the city for a week of business, parties and networking that affects hotels, restaurants, real estate and services. It is a vital week to our local economy.

Inside the convention center in Miami Beach, art galleries of high caliber negotiate the works of established artists, from Picasso to Jean Michel Basquiat, Keith Hering to Takashi Murakami. This year, the presence of a very strong brazilian wing was anchored by Brazilian galleries Fortes Vilaca, Galeria Vermelho e Casa Triangulo, among others who bought the works of contemporary artists from Brazil and other countries.

DESIGN MIAMI

In front of the Miami Beach Convention Center, Design Miami, founded in 2005, was the second most visited fair visited this week. Among the highlights this year, visitors were greeted with an installation by New York’s Snarkitecture from Daniel Arsham and Alex Mustonen. Their cylindrical  balloons floated on the ceiling at the entrance hall of the tent and created a dreamy lounge highly photogenic.

IMG_1738The big aha-ha moment  inside Design Miami was the “Crystal Palace” created by Asif Khan for Swarovski Crystal. However, intellectually, what captured my thoughts was a lamp that combined nature and technology. The “Fragile Future” by designer Lonneke Gordijn of Design Drift was made ​​of petals Dandelion glued, one by one, onto LED lamps (photo).

NETWORK, NETWORK, NETWORK

Real estate is always in the background of Art Basel Miami. Architects, designers, artists and real estate brokers all benefit from the network that settles very important partnerships.

Screen Shot 2012-12-10 at 2.54.13 PMAmong the Brazilian companies, Ornare USA, headed by the tireless Brazilian entrepreneur Claudio Faria, did not waste a minute during Art Basel week in Miami. The new  Ornare store in the Miami Design District hosted its signature annual event, the TasteMarkers Showcase and engaging lectures with architects and designers. Ornare recognizes the value of segmented network with focus on Design and Architecture and has become in recent years, the Brazilian cultural base in Miami.

IMG_1710Developers also played well in the art dance and made their presence noticed by glossy ads in the art guides and sought to stand out with art sponsorship throughout the entire city. The Miami Art Museum has changed its name and is now called Perez Art Museum, thanks to the hefty support of the real estate mogul Jorge Perez’s Related Group. In Downtown, inside the iconic Freedom Tower, the Terra Group increased its visibility with international customers with the presentation of designers Isabel and Ruben Toledo Cubans in historical exhibition of their careers (photo: Isabel Toledo, Geane Brito e Ruben Toledo).

PUBLIC ART

Miami has art everywhere in December: on the beach, in parks, streets and buildings, murals, temporary galleries and even on Biscayne Bay. Public art, often ephemeral, become cultural heritage for those with a minute to register their presence. Miami’s colors and thousand features continue to settle the city’s position as a cosmopolitan and multicultural hub where art, fashion, creativity, business and design collide to create a energetic tropical metropolis.

IMG_1401

Anúncios

Ornare no Miami Design District

Citação

Gogomiami.com passou pela Ornare no Miami Design District (leia gogomiami de Janeiro’12) para o cafezinho da tarde e um breve bate-papo com Claudio Faria, um dos empresários brasileiros mais importantes na divulgação do design nacional nos Estados Unidos.

As vésperas da abertura de sua nova loja no Design District  e com planos para outra em Nova York, Claudio continua trabalhando na definição do “DNA do design brasileiro” em suas palavras. Mas depois de calmamente vê-lo atender um telefonema de uma cliente as 6 da tarde em uma Sexta-feira, nota-se que o que conta mesmo para o sucesso da empresa é o calor humano: “Os nossos clientes estão procurando qualidade e atendimento, ” conta.

Uma voltinha na loja é o bastante para sentir a razão pela procura pelas cozinhas, armários e banheiros que são oferecidos sob encomenda no ebuliente mercado imobiliário em Miami. O uso do couro prensado, a coleção variada dos estilos de monograma, o uso marcante da madeira de demolição em oposta sinfonia ao uso do Corian — uma matéria que combina minerais naturais e polímero acrílico puro — faz da Ornare uma marca única e inteligentemente brasileira, perfeitamente posicionada para ascensão no mercado global, mas do que nunca sedento para escutar a nossa bossa.

[Get Lost on the Translation at Your Own Risk]

Ornare in the Miami Design District


Gogomiami.com stopped by for a perfect afternoon expresso at Ornare in the Miami Design District (read the January’12 post) and chatted with the owner Claudio Faria, one of Brazil’s most important players in the marketing of Brazilian Design in the United States.

In the eve of the opening of his new store in the Design District and with plans for another one in New York, Claudio continues to work on the definition of “Brazil’s design DNA” in his own words. But after watching him calmly answer a call from a client at 6 pm on Friday, one notes that what really counts for the success of the company is the Brazilian warmth: “Our customers are looking for quality and service,” he says.

A walk in the store is enough to find out the reason for the demand for Ornare’s customized kitchens, closets and bathrooms in the ebullient Miami real estate market. Their use of pressed leather, the exclusive monogrammed knobs, striking use of restored wood in opposing symphony to the use of Corian – a synthetic material that combines natural minerals and pure acrylic polymer -makes Ornare an unique brand and intelligently Brazilian, perfectly positioned for ascension in the global market that more than ever, is ready to listen to the “brazilian bossa”. 

Visite: www.ornare.com

Miami Design District

Citação

Este slideshow necessita de JavaScript.

Exclusivo. Caro. Chic. Moderno. Super ‘Cool’.  Ferva com a nata da moda e da arte, esqueca a praia, cruze a ponte e conheca o Miami Design District.

A área, formada de prédios históricos e pequenos galpões comerciais era um sonho audacioso do empreendedor Craig Robins – que trazia em sua bagagem a experiência do projeto de revitalização urbana de áreas em Miami Beach desde 1987.

No final dos anos 90, quando começou a comprar as propriedades históricas, o bairro –situado a 10 minutos da Miami Beach, atravessando a ponte que une a ilha ao continente — era um decadente centro comercial.  Antes, muito antes, nos anos 60, quando Miami vivia sua primavera dourada, era uma vibrante destinação para decoradores. Vieram o anos 80, e a cidade esqueceu deste bairro, contido em 18 quarteirões.

Depois da hibernação o bairro acordou em batuque comercial graças a um projeto de marketing imobiliário de gênio que combina arte, moda, gastronomia e design — e muito capital.  Hoje, com sonho materializado, Craig Robins e sua empresa DACRA, dominam um dos mais ativos conjuntos comerciais do  mundo e seus clientes vão de Cartier e Hermes a celebrados mestres de culinária internacional tais como Michael Schwartz e Michele Bernestein a galerias e artistas contemporâneos tais como a coletiva Friends With You.

Nos últimos  quatro meses,  os negócios explodiram e o Design District se tornou a Mecca do luxo. As marcas continuam chegando, se desfazendo de seus negócios em shopping centers mais estabelecidos, tais como Bal Harbour, para participar da proposta arrojada de Craig Robins.

A Hermes, a icônica marca Parisiense, sinônimo de luxo na moda, acaba de fechar contrato de locação no que será a sua maior loja na Florida – mais de 9 mil metros quadrados. Segundo Robert Chávez,  CEO da Hermes USA em entrevista para o Financial Times:  “Os planos do Craig Robbins para área são dinâmicos. O que ele esta criando é incrível e nos queremos se participar.”

E a Hermes esta em boa companhia: Louis Vuitton, Dior, Cartier, Margiela, Yogi Yamamoto, Marni seguiram caminho que foi aberto por Christian Loboutin, a marca francesa dos sapatos caríssimos com a solas vermelhas tão cobiçados pelas mulheres.

Porém, moda não é a única categoria que esta área  comercial esta atraindo, as grandes lojas de decoração e móveis também já marcaram presença: Kartell, Vitra Fendi Casa, Holly Hunt, Luminaire,  Jonathan Adler. Entre os grandes nomes, encontra-se também a Ornare, do empresário brasileiro Claudio Faria. A badaladíssima loja e destinação dos grandes arquitetos e decoradores que insaciavelmente buscam seus objetos e moveis para finalizar os projetos residenciais nos condomínios de luxo em Miami.

Os preços de locação por metro quadrado comercial na região podem chegar a mais de $200 por metro quadrado. “A qualidade da sinergia comercial que oferecemos agora na área é inigualável. é a oportunidade para empresas dividirem espaços com as maiores marcas de luxo mundiais e promoverem suas marcas no fórum internacional de design, moda, gastronomia e arte,” conta Lyle Chariff o ‘power-broker’ do Design District.